domingo, 1 de março de 2015

Rio, cidade onde Nasci


Rio, cidade onde Nasci



À cata de explicação 
para esse amor [não há]
me vi aqui
cidade sem mar
saudade a gritar

Rio mesmo de mim
ó doce lembrança...
amor
esperança

[a ti, meu carinho]



Eliana Mora, 01/03/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Sentimentos e mudanças

Sentimentos e mudanças Se não há saídas se as palavras são apenas brincadeira e não mais modo de vida... ...