sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Antigas cartas de Amor



Antigas cartas de Amor


Queria ver certas flores
como lírios das cartas de um poeta
Assim, por certo,
eu as reconheceria,
pelo brilho desértico das pétalas
pelas asas escondidas
pelas letras tortas
adocicadas

[por tudo que dizias]


Eliana Mora, 03/2012

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Os pequenos erros


Os pequenos erros



O tarô marcou a peça errada
alguma coisa mudou
e eu fiquei a procurar espaço
terra
abraço
a caminhar a vida inteira
num lugar



[e dentro também faz frio]




Eliana Mora, 25/12/2018

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Poeminha singelo II



Poeminha singelo II


De todos, era o mais singelo:
branquinho, medroso
carinha de curioso.
De quem estou falando?

De um poema
que está bem aqui,
à espera de sair
bater as asas

[e voar]


Eliana Mora, 09/12/2018

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Uma sugestão


Uma sugestão 



Leia.
Leia por dentro de ti
em cada entrelinha
em cada pedaço de escada
que dá para o alto 
de todo jardim


Leia.
Descubra
teu mais famoso poema
que está ali rabiscado, escondido
em tuas quase certezas

Leia.
Convide-se a ler a si.

.
[quanta alegria te espera]



Eliana Mora, 15/11/2018


Um repente que deu certo






Um 'repente' que deu certo

criatura
marionete
espécie de sal bem caro
metade delicadeza
a outra
um toque tão raro
faz medo até de chegar
um pouco ali
mais pertinho.
Mas depois 
você conhece
e fica bobo de ver...
aquilo
era bem verdade:
melhor você esquecer.


Eliana Mora, 19/11/2018

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

O que o Novo pode


O que o Novo pode



O que nasce
é absolutamente novo
chega assim
como filho
e nos adota

[como a beleza
da palavra]




Eliana Mora, 08/11/2018

quarta-feira, 17 de outubro de 2018


Desenho interno 



Um país
uma força que brilhava
e por vezes açoitava


uma coisa que nada
nem ninguém 

poderia deter

Uma conquista
que já veio pronta
um caso
uma casa
um adorno do meu ser

Nunca
jamais

o trairia


Eliana Mora, 17/10/2018



Antigas cartas de Amor

Antigas cartas de Amor Queria ver certas flores como lírios das cartas de um poeta Assim, por certo, eu as reconheceria, ...