sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Poema de algumas certezas


Poema de algumas certezas



Nem pense em me vestir de medo
pois assim
aos poucos
consegue arrancá-lo de mim

Nem pense em fazer trilha
onde meu sol brilhou
não
esse caminho não trilho mais

Não pense em retirar-me
estrela que sou do firmamento
pois que é  lá
onde mando em mim
produzo sim
belíssimos poemas

Não pense em mim como pessoa
viva
porque na vida tua
absolutamente não estou

E por fim

meu sítio de caminhar livre
e feliz
é minha mente
...é lá que estou
no momento em que cheguei
e fiquei

Aqui estão as minhas âncoras

[em mim]





Eliana Mora, 22/02/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Um passeio de Amor O ramo perdido estava ali. Me perguntei se por acaso ele queria voltar ao j...