segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

A flor que se transforma


A flor que se transforma



Do fundo da lira
nasce
como botão de flor
que anseia finalmente tomar corpo
aparecer

do fundo das ideias
plasmada em tanto sentimento
por estreitos vãos
passa

e se transforma
naquela belíssima palavra
robusta
bela
forte por natureza

[amada]




Eliana Mora, 20/02/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Dos lucros e das perdas

Dos lucros e das perdas   A mim pertence o que sempre gostei aquilo que sonhei se consegui ou não tornar realidade a mim o meu fervor...