terça-feira, 4 de outubro de 2016

A laser



A laser


Minha frieza persegue teus raios
entalha-se neles
rasga os temores a frio
torna-os fios
penetra em cenas antigas de amor 
digital
cerra teus olhos
e grava para sempre teu rosto

numa nuvem


Eliana Mora, 21/9/2011
[Baú]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Uma vez mais, grata Aquela mão prateada entrou ali na minha lembrança a dedilhar o violino como se nada mais tivesse a fazer neste mund...