sábado, 7 de maio de 2016

T U A



TUA




A lenta lembrança sustenida,

pendurada — como gota —
no leito de uma vida.



Eliana Mora, sem data

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Uma vez mais, grata Aquela mão prateada entrou ali na minha lembrança a dedilhar o violino como se nada mais tivesse a fazer neste mund...