quarta-feira, 25 de maio de 2016

A que não Desiste


A que não desiste


E ali
onde ficaram os sonhos
tão sonhados
olhei e vi


Ali
bem ao lado
dos nossos mínimos
desejos
[a equilibrar-se]


Ela,
a novíssima chance



Eliana Mora, 24/05/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Dos lucros e das perdas

Dos lucros e das perdas   A mim pertence o que sempre gostei aquilo que sonhei se consegui ou não tornar realidade a mim o meu fervor...