quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

À prova de Bala



À prova de Bala



coração ricocheteia
treme, treme, rodopia
grita, grita - e silencia


[nele não dá pra mandar]




Eliana Mora, 17/12/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Nova interpretação

Nova interpretação coragem nervos em estoque tudo de repente se cristaliza se abre ...