domingo, 4 de dezembro de 2016

Fronteira


Fronteira



Minhas indagações se ocultam
nas canções que canto
se deixam levar

e quase assim sigo
à procura de um suave som
até que eu abdique 



[de sonhar]



Eliana Mora, dezembro/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Insano

Insano o choro corria face abaixo quase colorido em pedaços como que não ousasse ser fraco e sim muralha a afastar a vida para l...