sábado, 10 de setembro de 2016

Poeminha Faceiro


Poeminha faceiro



Se meus versos costumam te atrair
vem correndo!
eles estão sempre aqui


Então
sinta-se à vontade


tome-os

enrede-se
curta-os

[prenda a poesia na alma]



Eliana Mora, 10/9/2016
Homenagem a Mario Quintana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

De lá e de cá da fronteira

De lá e de cá da fronteira Águas divididas leste dos momentos percebidos e das tão desejadas alforrias Onde como até que dia esperar por...