quinta-feira, 28 de julho de 2016

Um poema que não foi escrito


Um poema que não foi escrito




Eu hoje queria escrever um poema
que tivesse garras
assim
a começar pelo papel

Passava pras teclas e nada:
de tanto doer
eu parava

Então resumi: 

já que não dá
vou colar 
os pedaços da alma


[e deixei pra amanhã]



Eliana Mora, 28/07/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

P e d i d o

P e d i d o Olha para mim [sei que cresci] mas não deixa de procurar a menina aquela que se esconde no meu olho aquela que gu...