quarta-feira, 27 de abril de 2016

Quase um diálogo que já Existia


Quase um diálogo que já existia




A letra nua
levantou-se ali da tela
fez um sinal 

de que ia finalmente
se expressar

foi quando de repente
enrubesceu
fez o caminho de volta
como quem fosse se esconder
[desatinar]

Jamais vira tal ação
e me peguei pensando
o que fazer?
Não, não precisa fazer nada por mim
- ela disse -
eu voltarei

Daí por diante 
senti 
que poderia entende-la mais 
que bem
sentei-me sosseguei 
bem de repente

Agora
apenas ia me fazer

presente



Eliana Mora, 26/04/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Insano

Insano o choro corria face abaixo quase colorido em pedaços como que não ousasse ser fraco e sim muralha a afastar a vida para l...