terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Nova Arca de Noé




Nova arca de Noé



Por onde andam os jarros
ornados com flor de jasmim
os belos ninhos de pássaros
trançados em fibras cetim

No meio de um oceano
dentro dos vãos de um navio
na velha arca animada,
num galpão, num querubim

À espera de outros contos
de um Noé purpurinado
de fugas, de alforrias,
guizos, salões e festins?




Eliana Mora, 17/10/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

De lá e de cá da fronteira

De lá e de cá da fronteira Águas divididas leste dos momentos percebidos e das tão desejadas alforrias Onde como até que dia esperar por...