terça-feira, 14 de maio de 2013

Procura-se Modi

 

 Procura-se Modi



o lençol branco da lua
atravessa as grades da janela
do meu quarto
resplandece no meu corpo
atinge-me docemente
e delicadamente espalha luz desde os cabelos
até os pés
a fazer brilhar minha aura inteira


[e eu não sei de nenhum Modigliani por aqui]





Eliana Mora, julho/2011

Dedicada a Amedeo Modigliani

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui, quem agradece tua mensagem é a Poesia.

Dos lucros e das perdas

Dos lucros e das perdas   A mim pertence o que sempre gostei aquilo que sonhei se consegui ou não tornar realidade a mim o meu fervor...